Home ] Up ]
Matéria publicada no Site: www.joiabr.com.br


PRETO TOTAL
INVERNO À VISTA



Márcia Pompei(*)




 

foto: Marcio Madeira - divulgação Fashion RioAs passarelas mais famosas determinam: o Preto impera nesse Inverno. Maturidade e Sobriedade são as palavras-chave para essa nova estação.

Alguns estilistas chegam a dizer que a mulher está cansada do clima juvenil, frívolo e meigo de tantas estações. Chegou a hora de mostrar “a guerreira”!

Logo, o universo Joalheiro tem que acompanhar essa tendência tão forte.

Vamos brindar com pedras escuras, ródio negro ou mesmo materiais alternativos tão em voga na Joalheria dos novos tempos. São madeiras, sementes, borracha, tecidos, fibras naturais e tudo mais que a imaginação permitir, sempre negro.

Para isso precisamos conhecer um pouco mais dessa cor e de alguns dos elementos que podem enriquecer ainda mais as jóias que veremos nas vitrines do mundo.

Preto: é símbolo do absoluto. Entre todas as cores do espectro foi a mais mal empregada e mal compreendida. É uma das cores mais elevadas, usadas por iniciados nas escolas do mistério secreto.

Na Europa tem uma conotação negativa, é o luto, o obscuro, falta de esperança. No entanto pode representar também a negação da vaidade terrena. O negro do luto é também a promessa da ressurreição.

Na Alquimia, a matéria-prima é “enegrecida” para caminhar rumo à ascensão espiritual. É símbolo também do desconhecido.

Divindades negras são enigmáticas. A Mahakala (Grande Negra) da mitologia Hindu. As Madonas Negras da Czestochowa, Chartres, Tarragona, Einsiedeln, Montserrat, Guadalupe e Nossa Senhora Aparecida entre outras. Correntes esotéricas acreditam que sejam uma associação à Lua Negra Hécate, estão associadas ao culto da fertilidade.

A padroeira dos ciganos, Sarah-la-Kali, também tem a cor negra. É venerada na França meridional em Les Saintes Maries de la Mer.

Gemas:
Turmalina Negra: desvia energias negativas ao invés de absorvê-las. Deve ser usada sempre quando se entra em um ambiente de baixa vibração, de energias densas e pesadas. Forma um escudo protetor para quem a utiliza. Neutraliza também as próprias energias negativas, sejam inveja, raiva, ressentimento, insegurança etc.

Azeviche: de origem vegetal, produzido através da fossilização, do caule de pinheiros. Já foi muito usado em amuletos, devido ao poder de proteção contra mau-olhado. Usado também na confecção de rosários. Acredita-se que cure enxaqueca, tumores e dor de dente. Foi amplamente empregado no reinado da rainha Vitória da Inglaterra, em jóias. Registros mostram seu uso até na Idade do Bronze.

Ágata Negra: proteção contra adversidade e perigos em geral.

Ônix Negro: uma forma de sílica; afasta a tristeza. Os indianos e persas acreditam que proteja contra o mau-olhado.

Obsidiana Preta: associada ao primeiro chakra - centro de energia relacionado à Terra, ao físico, à sobrevivência, à realização do ego pessoal.

Diamante Negro: na idade Média o diamante, mesmo branco, era regido por Saturno, deus do “escuro”. Antecipava-se à descoberta da Ciência Moderna mostrando que o diamante é uma forma de carbono.

Hematita: purifica o corpo físico. É um importante elemento de cura, depura o sangue e fortalece órgãos relacionados a ele, como fígado, rins e baço.

Não há limite para a criatividade, ainda mais quando temos à disposição tantas gemas que se enquadram nas tendências de Moda e correntes místicas. Numa só cor, uma paleta de opções e gostos. Um brinde à Natureza!

Foto: Marcio Madeira (divulg. Fashion Rio)

Bibliografia

Os Talismãs e seus segredos
Nadia Julien - Editora Rideel Ltda

Dicionário Ilustrado de Símbolos
Hans Biedermann - Editora Melhoramentos

As Propriedades Curativas dos Cristais e das Pedras Preciosas
Katrina Raphaell - Editora Pensamento

Uso Mágico das Pedras Preciosas
W. B. Crow - Hemus Editora Ltda.


[ Índice ]

 

(*) Márcia Pompei - Designer de jóias e professora de joalharia e especializações
no Atelier Márcia Pompei. É formada em Propaganda e Publicidade e atua no ramo desde 1990. Estudou com grandes mestres da Joalheria brasileira. Participou de exposições dentro e fora do país. Desenvolve uma linha de material didático abordando diversas áreas da Joalheria.
mapompei@joia-e-arte..com.br
[ Topo da página ][ Voltar ]Home ]