Home ][ Índice ]

Matéria publicada na Revista BR&J - Brasil Relógios & Jóias 
DIMEP Gráfica, Editora e Publicidade Ltda. 
Janeiro de 2005 - Página 52
"Técnica & Arte - Modelagem em Cera"

Peças de Márcia Pompei escolhidas para ilustrar o artigo

"Designer de jóias e professora de diversas técnicas e especializações em joalheria, Márcia Pompei, filha de pai desenhista publicitário e mãe professora, sempre esteve em contato com lápis, aquarelas, óleo, barro, massa de modelar, gesso, pincéis, agulhas, etc. Formada em Propaganda e Publicidade, atuou na área por alguns anos, mas optou por abandoná-la e ingressou no ramo da joalheria. "Depois das dificuldades na área de publicidade, relembrei minha antiga paixão pelo ramo (joalheiro) e fiz a inscrição em um curso ministrado por Bobby Stepanenko. Minha mãe sempre me estimulou a fazer este curso porque ela tinha um grande sonho desde a juventude, ter um "Chuveiro de Brilhantes". Houve uma época em que esta peça era o maior sonho das mulheres do mundo inteiro", disse.

Após dedicar-se às mais variadas áreas do setor como: design de jóias, ourivesaria, cravação, gravação, esmaltação, gemologia, modelagem em cera, fundição por cera perdida, estamparia, lapidação,encordoamento de colar, banhos eletrolíticos, etc; em 1997, montou a própria escola, o Atelier Márcia Pompei. Em 1996/1997, ficou entre os 40 melhores designers brasileiros.

Entre os cursos oferecidos no Atelier, está o de Modelagem em Cera. A técnica é associada à Fundição por Cera Perdida, onde o profissional esculpe, modela a peça em cera, que segue para a fundição, onde será transformada em peça de metal (veja quadro).

O Círculo do Processo Completo

"Através deste processo é possível viabilizar, de forma mais rápida e barata, a produção de jóias em grande escala. A peça pode ser feita em cera ou mesmo em metal para ser copiada através da borracha vulcanizada", conta Márcia.

A Fundição por Cera Perdida surgiu com o homem primitivo, na busca por ferramentas mais eficientes. As lanças, por exemplo, eram esculpidas em cera de abelha. Estas peças eram envolvidas com argila e levadas ao fogo para endurecer. Em seguida, o metal incandescente era derramado no interior da argila - que era quebrada e eis que surgia a ponta de lança em metal. A técnica foi aperfeiçoada e hoje são usados equipamentos mais sofisticados que possibilitam peças com acabamento detalhado e perfeito."

[ Índice ]

[ Topo ]Home ] Up ]