[ Voltar ]Home ]

Matéria publicada no Site: www.joiabr.com.br

CRISTAL
DOCUMENTO VIVO


Márcia Pompei(*)





É curioso como nem nos damos conta de certas coisas que são a base para estarmos aqui, para sermos o que somos.
Somos seres humanos, vivendo em um país, dentro de um continente que está num planeta que "viaja" por um Universo que é o quê?

Esse tal Universo é a grande casa de todos nós, e mal lembramos que ele existe, nem nos questionamos mais sobre como ele surgiu, de onde.....

Dizem os cientistas que tudo começou com uma grande explosão, o famoso Big Bang, de uma gigantesca bola de fogo que continua em expansão até hoje.

Surgiram hidrogênio, hélio e, sempre por fusão, novos elementos foram aparecendo. Surgem também o Sol e os planetas que o circundam. Pela força da gravidade matéria foi sendo acrescentada a esses planetas matéria vinda de meteoritos que continuam a se depositar sobre a superfície desses planetas até hoje, inclusive sobre a nossa Terra.

Tudo o que existe aqui teve origem de uma gigantesca bola de fogo, uma estrela, que explodiu. Tudo o que aqui está guarda "informações" dessa origem, como um "DNA cósmico".

Quando pensamos em Vida associamos Movimento, associamos etapas de Nascimento, Maturação e Morte. Costumamos dizer que "estão vivos" seres do reino Animal e Vegetal, esquecemos do reino Mineral e de quanta vida, quanta informação e sabedoria ele guarda.

Por mais "especiais" e inteligentes que sejamos foram os elementos do reino Mineral os primeiros a aparecer no Universo e em nosso planeta. O bioquímico Cairns Smith chegou a desenvolver uma teoria de que o padrão dos minerais teria servido como um molde para a evolução de outras formas de vida (entre elas a nossa).

O Cristal é um importante membro do reino Mineral, é inorgânico, de composição química definida e tem uma estrutura atômica que segue padrões geométricos precisos. É formado pelo Magma terrestre a elevadas temperaturas. Ao chegar próximo da superfície esse elemento começa a cristalizar-se assumindo formas e padrões que dependem de sua composição química e estrutura atômica. Esse processo demora milhões de anos.

A palavra Cristal vem do grego Krystalos, mas quase todos os povos e culturas utilizaram esse elemento atrativo e misterioso. Os gregos acreditavam que o cristal de quartzo era a luz cósmica congelada vinda do Olimpo, residência dos Deuses, para a Terra.

Existe uma lenda que apresenta os Vikings como grandes navegadores e desbravadores graças ao auxílio dos cristais em suas longas viagens. Com essas "pedras mágicas de luz" eles conseguiam saber para qual direção deveriam navegar. Através de uma luminosidade colorida o cristal mostrava a direção em que o sol nascia e assim atuava como uma bússola, possibilitando percorrerem grandes distâncias sem o perigo de se "perderem".

É conhecido também o famoso jogo das Runas, também de origem Nórdica. Runas são pequenas pedras, inclusive cristais, sobre as quais estão gravados símbolos. Através desse jogo, o "leitor" conseguia aconselhar o "paciente" aos melhores caminhos para conseguir alcançar seus objetivos; é um jogo que atua como oráculo.

Relatos de Platão afirmam que os povos de Atlântida, altamente evoluídos, utilizavam o cristal de diversas formas.

Entre os Índios de Pele Vermelha o uso de cristais é bastante comum. O Xamã costuma carregar uma bolsa com diversos cristais a serem utilizados nos processos de cura e tem seu cristal pessoal que não pode ser visto por outra pessoa. Esse povo acredita que as pessoas de alma pura vão habitar um cristal após a morte.

Entre ruínas Maias foram encontradas caveiras esculpidas em cristal com uma perfeição que desafia processos tecnológicos conhecidos nos dias de hoje.

Antigas ciganas utilizavam uma grande bola de quartzo para "enxergar" passado, presente e futuro de seus clientes. Essa prática foi adotada por alguns gurus e adivinhos do nosso tempo.

Nos dias de hoje vemos os cristais serem muito utilizados em diversos procedimentos, sejam de ordem Esotérica, Mística ou Decorativa. O Feng Shui é uma prática que se utiliza de elementos da natureza para equilibrar ambientes freqüentados pelo homem, os cristais são muito utilizados para essa finalidade, além de embelezarem o ambiente tão conturbado e poluído do homem das metrópoles.

O cristal de Quartzo apresenta em sua forma externa triângulos equiláteros perfeitos que formam uma pirâmide com uma base e sobem em espiral pelo corpo do cristal até a ponta. Os triângulos nos remetem à Lei de Três: somente a interação de três forças pode colocar em movimento o Universo (força centrífuga, centrípeta e o equilíbrio delas). Em diversas religiões e crenças vemos a representação dessa lei, seja na Trindade Cristã, na Trimurti Hindu, os Três Logos da Teosofia, Kether-Binah-Chokmah da Cabala, entre outros. Além disso, a organização em espiral do Quartzo segue a mesma proporção matemática (Séries Fibonacci) encontrada na espiral do DNA da célula, e também na estrela-do-mar, na semente do girassol, nas galáxias em espiral da Via Láctea........ Coincidência???

Escolhendo um Cristal

Ao Escolher um Cristal lembre-se da sua intuição, deixe-a governar nesse momento.

Para Limpá-lo (purificar sua energia) existem várias maneiras, uma delas é cobri-lo com sal marinho (que também é um cristal) por 24 horas e depois lavá-lo com muita água. Outra forma de limpeza consiste em enterrá-lo na terra por 2 a 7 dias (evite vasos de plantas). Para peças já montadas, jóias, uma forma de limpeza aconselhada é colocá-los sobre um grande bloco de cristal em estado bruto, pode ser uma drusa, uma "capela" de ametista ou citrino.

Você também pode Programar seu cristal introduzindo nele uma imagem que será devolvida harmoniosamente. Visualize o mais claramente possível a imagem que você deseja adquirir, segure o cristal com a mão direita e leve-o até a altura de seu terceiro olho (entre as sobrancelhas) e diga em voz alta o que você deseja. Dessa forma você estará enviando uma mensagem verbal e outra mental ao seu cristal.

Você estará escolhendo muito mais que um adorno, mais que um enfeite, você levará consigo um amigo, um "velho" habitante desse nosso rico e misterioso Universo.

Bibliografia:
Cristais e Minerais – Guia Completo
Isabel Seidl & Y. Bevilaquia
Novo Milênio Editora


[ Índice ]

(*) Márcia Pompei - Designer de jóias e professora de joalheria e especializações
no Atelier Márcia Pompei

[ Topo da página ][ Voltar ]Home ]