Home ] Up ]
Matéria publicada no Site: www.joiabr.com.br


CRISTAIS
No auge da moda
1ª Parte



Márcia Pompei(*)




 

Vamos esclarecer!
Cristal de Rocha é um mineral que pertence ao grupo do Quartzo.

A esse grupo pertencem também a Ametista, Aventurina, Citrino, Olho-de-falcão, Prásio, Quartzo olho-de-gato, Quartzo fume, Quartzo rosa, Olho-de-tigre, entre alguns outros.

Cristal de Rocha nada tem a ver com o cristal produzido pelo homem, aquele vidro límpido em cuja composição entram a sílica, óxido de chumbo e potássio.

Cristal de Rocha é um produto da Natureza, que leva milhões de anos para ser produzido.

pente para cabelo - Jessica F.Outro uso freqüente da palavra cristal refere-se ao sistema cristalino das gemas. Ou seja, os átomos, íons e moléculas que compõem a pedra estão arranjados geometricamente formando um retículo regular. Isso faz com que a superfície externa do mineral adquira uma forma bastante típica. São vários os sistemas cristalinos e cada um deles tem eixos e ângulos próprios. Por isso é comum ouvir dizer: “cristal de rubi”, “cristal de esmeralda”, etc.

Há algumas estações, eles podem ser vistos nas mais belas jóias. A nova geração de designers têm apostado firme nessa gema tão límpida.
Mas quartzos com diversos tipos de inclusões também estão bem cotados.

O Cristal é concebido nas entranhas da mãe-Terra - o ser humano no ventre da mulher. O Cristal desenvolve-se nessas entranhas para depois aflorar à superfície. O homem cresce no útero materno até a hora do nascimento, quando vem à superfície da vida humana. Cada Cristal é único, não há outro igual. O mesmo acontece com o homem. Quantas semelhanças!!!

E não pára por aí. O Quartzo possui uma organização em espiral que segue a mesma proporção matemática encontrada na espiral do DNA da célula.

anel em prata c/ cristal lapidado - M. PompeiO nome deriva do grego krystallos, que significa gelo. Aquele povo acreditava que essa gema era a luz cósmica congelada vinda do Olimpo, residência dos Deuses, para a Terra.

As mais antigas lendas sobre os Cristais nos levam a Atlântida. Foram utilizados como instrumentos de telepatia, meio de comunicação com antepassados universais. Seus habitantes usavam a gema como gerador de energia para cidades inteiras. O uso irresponsável e incorreto dessa energia teria sido o causador da destruição daquela civilização.

A tradição conta que os sábios de Atlântida “guardaram” os mais elevados conhecimentos em cristais nas entranhas da terra, sabendo que no momento certo essa informação viria à tona nas mãos das pessoas corretas.

O Cristal de Rocha é considerado o símbolo místico do espírito. Essa associação está relacionada à transparência desse material.

No Sufismo, corrente mística de origem árabe-persa, o Cristal é muito utilizado. Essa linha sustenta que o espírito humano é uma emanação do divino, assim como no Bramanismo e Lamaísmo.

coleira em prata com cristal - Sandra XavierNa simbologia cristã, o cristal puro que reflete os raios do sol é um símbolo de Maria, mãe de Jesus.

Entre diversos grupos xamânicos essa gema é considerada objeto de poder.

Uma lenda Viking fala das grandes aventuras desse povo que desbravou mares utilizando como ferramenta a “pedra de luz”, o Cristal. Sua luminosidade colorida apontava a direção a seguir, como uma bússola.

Quanto conhecimento, quanta Vida nesse elemento tão puro. Quão pequenos somos! Quanto a aprender!

Bibliografia

Gemas do Mundo
Walter Schumann - Editora Ao Livro Técnico

Dicionário de Magia e Esoterismo
Nevill Drury - Editora Pensamento

Dicionário Ilustrado de Símbolos
Hans Biedermann - Editora Melhoramentos

Uso Mágico das Pedras Preciosas
W. B. Crow - Hemus Editora

As Propriedades Curativas dos Cristais e das Pedras Preciosas
Katrina Raphaell - Editora Pensamento

Cristais e Minerais – Guia Completo
Isabel Seidl & Y. Bevilaquia - Novo Milênio Editora


[ Índice ]

 

(*) Márcia Pompei - Designer de jóias e professora de joalharia e especializações
no Atelier Márcia Pompei. É formada em Propaganda e Publicidade e atua no ramo desde 1990. Estudou com grandes mestres da Joalheria brasileira. Participou de exposições dentro e fora do país. Desenvolve uma linha de material didático abordando diversas áreas da Joalheria.
mapompei@joia-e-arte.com.br
 
[ Topo da página ][ Voltar ]Home ]